Lacuna de habilidades: O que mantém os CEOs acordados à noite

Tempo de leitura: 5 minutos

Os robôs estão vindo atrás do João na contabilidade? Uma manchete recente do New York Times proclamou exatamente isso. Aqui está o porquê: automação e outras tecnologias já estão deslocando trabalhadores. E não estamos falando de robôs fazendo tarefas manuais em fábricas ou dirigindo carros. Muitos trabalhadores altamente qualificados estão descobrindo que suas habilidades estão se tornando obsoletas.

Crédito: Freepik

O que é a lacuna de habilidades?

Seres humanos incapazes de acompanhar o ritmo da tecnologia não é ficção distópica – é o desafio que líderes empresariais em todo o mundo enfrentam hoje. A lacuna de habilidades refere-se à distância entre as habilidades de que seus colaboradores precisam e as habilidades que eles possuem atualmente. E ela é a dura realidade em muitas funções e setores.

Muitos líderes estão cientes disso – 79% dos CEOs dizem que estão preocupados com a falta de habilidades dos colaboradores. Mas aqui está porque a lacuna de habilidades deve ser a principal prioridade de todo CEO.

6 razões pelas quais a lacuna de habilidades preocupa os CEOs

Talvez você já entenda a importância da lacuna de habilidades, mas seus colegas podem precisar de mais conhecimento sobre o assunto. Abaixo, você encontrará uma lista de estatísticas para ajudá-lo a demonstrar a importância de abordar a lacuna de habilidades o mais rápido possível.

1. A lacuna de habilidades técnicas já é um grande problema

De acordo com dados da Comissão Europeia, cerca de 37% dos trabalhadores na Europa nem mesmo possuem habilidades digitais básicas. Isso sem falar nas habilidades mais avançadas e especializadas que as empresas precisam para adotar as tecnologias digitais com sucesso.

Os entrevistados globais contam uma história semelhante. A escassez de habilidades em tecnologia é a maior desde 2008, de acordo com uma pesquisa recente da CIO conduzida pela KPMG.

2. Mudanças estão acontecendo cada vez mais rápido

A lacuna de habilidades não está apenas crescendo – está se acelerando. A Salesforce observou que os avanços em inteligência artificial (IA), robótica e outras tecnologias emergentes estão acontecendo em ciclos cada vez mais curtos.

Há poucos anos, em 2018, 65% dos líderes empresariais esperavam que os colaboradores adquirissem novas habilidades no trabalho. Em 2020, esse número saltou para 94%. Além disso, a Gartner descobriu que o número total de habilidades necessárias para um trabalho está aumentando 10% a cada ano.

3. Estamos enfrentando uma “dupla ruptura”

Os trabalhadores de hoje enfrentam uma “dupla ruptura”. De acordo com o Fórum Econômico Mundial, isso inclui dois fatores principais: a ruptura econômica devido à pandemia e a adoção de tecnologias que transformam o local de trabalho. Novas tarefas, empregos e habilidades serão necessários até 2025.

Os trabalhadores também estão sentindo a pressão. 38% dos colaboradores dizem que se sentem menos confiantes em suas habilidades agora do que antes da pandemia. E 46% prevêem que suas habilidades atuais se tornarão obsoletas nos próximos três a cinco anos.

4. É muito mais caro “comprar” do que “construir” talentos

Uma das maiores lições dos últimos anos? Você simplesmente não pode contratar novas pessoas para acabar com a lacuna de habilidades. É muito caro e demorado. A Gallup estima que o custo de substituição de um colaborador individual pode variar de metade a duas vezes o salário anual dele. Quando se trata de T&D, as empresas gastam em média US $1.286 por aluno.

Essa disparidade de custos é a razão pela qual empresas como a Booz Allen Hamilton alocam recursos maciços em programas de treinamento interno. “Não podíamos apenas contar com a contratação externa de cientistas de dados , diz Jim Hemgen, Associado Sênior de Aprendizagem da Booz Allen Hamilton. “Também tivemos que treinar internamente pessoas para adquirirem habilidades de ciência de dados.”

5. Funções não preenchidas também estão custando às empresas

Existem outros custos associados à lacuna de competências. Quando as empresas não conseguem encontrar as pessoas certas para contratar, seus negócios sofrem. Quase 60% dos empregadores dos EUA têm vagas de emprego que ficam vagas por 12 semanas ou mais, e o custo médio delas para as empresas é de mais de US $800.000 anuais.

6. O retorno do investimento em seus colaboradores é enorme

Quando você investe em qualificação e requalificação, está investindo no futuro de sua empresa. Claro, você economiza em custos futuros de recrutamento e integração para novas contratações, mas vai além disso.

Os colaboradores de hoje não estão apenas procurando receber o pagamento. Eles esperam crescimento e desenvolvimento em seu papel. A IBM descobriu que 36% dos colaboradores afirmam que as oportunidades de aprendizado contínuo são essenciais para seu envolvimento no local de trabalho.

Uma pesquisa da Deloitte mostra que há um novo contrato social entre colaboradores e empregadores. Os trabalhadores se comprometerão a ser mais engajados se seus empregadores concordarem em investir em suas habilidades e desenvolvimento.

Cultive uma cultura de aprendizagem para eliminar a lacuna de habilidades

A capacidade de aprender e desenvolver novas habilidades é a chave do sucesso para empregadores e colaboradores. Os empregos e funções estão mudando rapidamente. Tentar alugar uma maneira de sair do problema é lento e caro, e os próprios colaboradores ficam mais engajados quando estão aprendendo no trabalho.

Uma cultura de aprendizagem no trabalho é a etapa mais crítica para superar a crescente lacuna de habilidades. Ela envolve a criação de tempo e espaço para que todos os colaboradores aprendam e aproveitem os benefícios da orientação e do aprendizado social.

Fonte: https://blog.udemy.com/what-is-skills-gap/

Para diminuir a distância entre a sua gestão e os seus resultados efetivos,
a Raleduc oferece recursos com serviços para EAD que se diferenciam
pela qualidade de seus conteúdos, pela eficiência das metodologias de ensino, pelo uso de tecnologias modernas de aplicação e monitoramento, pela criatividade gráfico-editorial e pela economicidade de tempo
e operacionalidade.

Se você quiser saber mais sobre como a Raleduc pode ajudar você a melhorar seus treinamentos online e montar uma estratégia EAD para a sua empresa, não deixe de falar com nossos especialistas clicando aqui, pelo telefone +55 61 3051 1366 ou manda um WhatsApp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.