4 mitos do treinamento online Just-In-Time

Tempo de leitura: 6 minutos

O treinamento online just-in-time oferece aos colaboradores os recursos de que precisam, quando mais precisam. Neste artigo, compartilharemos 4 mitos do treinamento online just-in-time que todos os profissionais de eLearning devem saber (e eliminar).

Fonte: Freepik

Treinamento online just-in-time: elimine os mitos e faça o melhor uso dele

No treinamento online tradicional, os colaboradores fazem login no curso de treinamento, aprendem algo novo e levam seus conhecimentos para o local de trabalho. As atividades são destinadas a praticar suas novas habilidades. Elas oferecem perguntas e situações onde as ideias podem ser aplicadas em um contexto do mundo real.

Isso enraíza as lições mais profundamente em suas mentes, ajudando-os a lembrar delas. Essas atividades também mostram ao colaborador e instrutor quão bem o conceito foi (ou não) compreendido. Nesse sentido, pode-se identificar áreas que precisam ser reforçadas.

Por outro lado, o treinamento online JIT (just-in-time) tem uma abordagem mais proativa, em que os alunos não precisam esperar até a sessão agendada de treinamento.

Experiências eficazes de treinamento on-line just-in-time estimulam os cérebros dos alunos, sua linha de pensamento e até as discussões online. Eles podem buscar informações por conta própria para preencher as lacunas assim que surgirem.

Abaixo estão os 4 mitos que você deve saber para implementar um treinamento online just-in-time mais eficaz.

Crédito: Freepik

Mitos sobre o treinamento online JIT

1. É apenas outra palavra para microlearning

Um equívoco comum sobre o treinamento online JIT é que ele é o mesmo que microlearning. Que tudo o que você precisa fazer é lançar uma biblioteca online com atividades que cobrem todas as aprendizagens e tópicos de treinamento.

Na realidade, o treinamento online just-in-time é uma abordagem altamente direcionada. Você deve primeiro identificar as habilidades, conhecimentos e lacunas de desempenho mais comuns de seus colaboradores. Em seguida, use os dados para personalizar seus recursos de treinamento online para atender ao “momento de necessidade”.

Dito isso, as atividades just-in-time devem estar no formato de microlearning para que os colaboradores possam absorver as informações rapidamente. Em seguida, deve ser aplicado no mundo real para melhorar o desempenho no trabalho e superar desafios comuns.

Por exemplo, um breve vídeo de demonstração ou tutorial pode ajudar a equipe de vendas a desenvolver novas técnicas e lançar um produto de forma mais eficaz. Portanto, ao contrário da crença popular, o treinamento online just-in-time não é simplesmente outro termo para microlearning.

2. Você só pode usá-lo para referência

Em muitos casos, o treinamento online JIT é o recurso que os colaboradores procuram em situações de emergência. Um vendedor pode estar fechando um negócio e se conecta rapidamente ao LMS, para confirmar quanto de desconto pode oferecer, ou procurar algumas dicas sobre como conquistar um cliente difícil. É provável que revise rapidamente uma simulação ou estudo de caso relevante.

No entanto, essa não é a única maneira de usar o treinamento online just-in-time. É uma ferramenta útil para metacognição. Ao assistir/ler um módulo just-in-time antes de uma aula, eles constroem suas próprias ideias sobre o assunto. Esses pensamentos não influenciados podem então ser reforçados ou refutados enquanto ainda estão frescos. Eles recebem, na hora certa, as concepções corretas sobre as lições antes que elas se infiltrem na memória de longo prazo.

Além disso, o processo de mudar conscientemente sua estrutura mental conecta o conhecimento ainda mais ao seu banco de dados mental. Ele enraíza mais profundamente do que se você apenas memorizasse fatos recitados.

De qualquer maneira, mantenha o pré-aula simples e baseado em atividades. Nenhum detalhe muito fora do ordinário por enquanto. Além disso, você pode criar atividades de treinamento on-line just-in-time deliberadamente distorcidas para detectar equívocos.

Então, durante a aula, essas suposições errôneas são corrigidas pelo instrutor online ou pelo conteúdo do treinamento. Essa técnica ajuda na memória porque os alunos corporativos estão ativamente envolvidos. O processo de “mudar de ideia” é mais memorável do que memorizar fatos entediantes.

3. É um atalho para um treinamento online eficaz

Todos nós já ouvimos, e talvez até experimentamos, a vídeo aulas no ensino médio. Os alunos entram na sala e veem uma projeção no quadro. Em vez de o professor falar e ditar notas, os alunos passam a aula assistindo a um filme ou documentário. O treinamento online JIT não é a versão adulta disso. Em muitos aspectos, é um sistema mais intensivo do que o treinamento convencional.

O treinamento online just-in-time requer vários níveis de planejamento por parte do Designer Instrucional e/ou instrutor online. Se estiver na forma de uma biblioteca de referência, deve ser cuidadosamente projetada e organizada. Ela precisa fornecer acesso fácil, online e offline, em várias plataformas (PC, smartphone, tablet, nuvem etc.).

Se for uma atividade pré-aula, os instrutores/designers instrucionais têm ainda mais trabalho. Eles precisam antecipar as perguntas e conclusões que os alunos corporativos irão tirar. Em seguida, têm que descobrir como corrigir derivadas mal colocadas. E tudo isso tem que acontecer em formato digital. Dá muito mais trabalho.

4. É adequado para todos os assuntos

Você pode usar atividades de treinamento online just-in-time para todos os tópicos e tarefas, certo? A verdade é que existem alguns assuntos que exigem cursos mais abrangentes.

Da mesma forma, você não pode simplesmente juntar uma série de recursos de treinamento online just-in-time e chamá-lo de curso de treinamento online. Certos tópicos de treinamento exigem discussões aprofundadas e acompanhamento. No entanto, você pode usar o treinamento online just-in-time como uma ferramenta de suporte para esses tópicos.

Por exemplo, você pode não conseguir abordar todos os tópicos de conformidade da empresa com uma única atividade, mas você pode desenvolver simulações, cenários de ramificação e demonstrações que ajudem os colaboradores a entender melhor as políticas, além de permitir que eles identifiquem áreas de melhoria e ganhem experiência do mundo real aprendendo com seus erros.

Conclusão

O treinamento online just-in-time parece realmente uma boa ideia. Infelizmente, ele recebe muitas críticas de pessoas que não compreendem totalmente o sistema.

Parece uma maneira “preguiçosa” de ensinar, sem exigir esforço do aluno corporativo. Essa suposição vem de exigir que os colaboradores “se virem” durante o momento de necessidade. Algumas pessoas o percebem como uma ferramenta de referência ou um tipo de trapaça para instrutores online.

Na realidade, o treinamento online just-in-time envolve muito mais do que o treinamento online convencional, tanto para os instrutores quanto para os alunos. Use-o em combinação com outra pedagogia e você verá grandes melhorias em sua produção online.

Fonte: https://elearningindustry.com/just-in-time-online-training-common-misconceptions

Para diminuir a distância entre a sua gestão e os seus resultados efetivos,
a Raleduc oferece recursos com serviços para EAD que se diferenciam
pela qualidade de seus conteúdos, pela eficiência das metodologias de ensino, pelo uso de tecnologias modernas de aplicação e monitoramento, pela criatividade gráfico-editorial e pela economicidade de tempo
e operacionalidade.

Se você quiser saber mais sobre como a Raleduc pode ajudar você a melhorar seus treinamentos online e montar uma estratégia EAD para a sua empresa, não deixe de falar com nossos especialistas clicando aqui, pelo telefone +55 61 3051 1366 ou manda um WhatsApp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.