5 maneiras de usar a aprendizagem híbrida para um onboarding eficaz

Tempo de leitura: 7 minutos

Procurando maneiras de criar um programa de integração (onboarding) de alto nível para melhorar a retenção de colaboradores? Por que você não tenta o aprendizado híbrido para onboarding? Aqui estão 5 dicas para aproveitar o aprendizado híbrido para uma experiência de onboarding eficaz.

Fonte: Freepik

Por que você deveria se preocupar tanto com a integração de colaboradores e por que deveria considerar o aprendizado híbrido para o programa de onboarding de sua organização?

O “por quê?” é bem simples. É porque cerca de 20% dos colaboradores recém-contratados saem nos primeiros 45 dias de trabalho (Forbes). Isso significa que, a menos que você faça algo, uma parte significativa de suas novas contratações provavelmente sairá dentro de um mês e meio de emprego – uma grande perda para a empresa em termos de custo e tempo. Portanto, a questão é: como reduzir a rotatividade de colaboradores?

Criando um programa de onboarding eficaz!

De acordo com um relatório do Brandon Hall, as organizações com um forte processo de onboarding melhoram a retenção de novos contratados em 82% e a produtividade em mais de 70%. Um programa de onboarding eficaz garante que seus novos colaboradores recebam suporte suficiente durante a integração em sua organização e continuem se encaixando no longo prazo.

Resumindo, um bom programa de onboarding é fundamental, e uma abordagem de aprendizado híbrido pode oferecer uma combinação de diferentes tipos de treinamento para maximizar seu sucesso.

Isso é tudo sobre o “Por quê?” de aprendizagem híbrida para treinamento de onboarding. Vamos agora para o não tão fácil “Como” usar o aprendizado híbrido para o onboarding?

5 maneiras de usar a aprendizagem híbrida para onboarding

1. Portal online para apresentações iniciais

Um programa de onboarding eficaz começa antes mesmo de seus colaboradores ingressarem no local de trabalho. Por que esperar pelas apresentações convencionais no primeiro dia quando você pode fazer isso melhor online? Forneça um pacote de boas-vindas online em seu portal, incluindo:

  • O cronograma para o processo de onboarding;
  • Informações de contato dos membros da equipe, mentores, gestores de relatórios;
  • Mensagens de vídeo de membros da equipe;
  • Respostas às perguntas frequentes sobre onboarding;
  • Objetivos e resultados esperados.

… ou qualquer outra coisa que você sinta que é importante do ponto de vista da sua organização.

Além disso, você também pode fazer uma conferência virtual para definir o andamento das interações – um encontro informal para socializar e fazer com que os recém-contratados sintam que estão todos no mesmo barco.

Dessa forma, você garantirá que seus novos contratados estejam melhor preparados e com um bom suporte durante a experiência de onboarding presencial, no local de trabalho.

2. Módulos de eLearning em vídeo para apresentar a marca

Embora o portal online funcione bem para oferecer uma visão geral da organização, você também precisa apresentar aos novos contratados os valores essenciais da sua organização. E que melhor maneira de fazer isso do que módulos curtos e abrangentes de eLearning baseados em vídeo?

Você pode optar por animações cativantes para mostrar aos seus novos colaboradores o legado e a história da sua organização – descrevendo de uma forma envolvente como ela evoluiu ao longo dos anos. Você também pode fazer com que a alta administração grave um vídeo para destacar ainda mais os valores e a cultura da organização.

Os vídeos não são apenas altamente eficazes, eles também transmitem grandes quantidades de informação em um curto espaço de tempo, economizando tempo em onboarding e a produtividade.

3. Abordagem híbrida para treinamento formal

Uma abordagem híbrida não só oferece o melhor dos dois mundos (presencial + online), mas também ajuda a reduzir o tempo que os recém-contratados passam na sala de aula e oferece a liberdade do aprendizado individualizado.

Por exemplo, uma organização queria reduzir o tempo em sala de aula e oferecer treinamento para funções específicas e que os alunos pudessem fazer em seu próprio ritmo. Assim, projetaram um programa de aprendizado híbrido com treinamento em sala de aula, eLearning, módulos baseados em vídeo, etc.

  • Aulas ministradas por instrutores presencialmente foram usadas para apresentar os recém-contratados a diferentes departamentos da organização (Finanças, RH, TI, etc.). Eles também foram treinados sobre como acessar o Sistema de Gestão de Aprendizagem (LMS) da organização. Cada sessão começou com quebra-gelos que ofereceram uma oportunidade de interação entre os novos contratados, e em seguida foram feitas atividades em grupo usando apostilas e flipcharts.
  • Os módulos de eLearning para funções específicas consistiam em simulações de “assistir e tentar” que conduziam os alunos pelas etapas de uso de uma ferramenta de software para rastreamento de status e gerenciamento de discrepâncias.

Você também pode aproveitar o formato de aprendizado híbrido para diferentes tópicos de treinamento durante o processo de onboarding.

4. Treinamento online baseado em cenários

Módulos de eLearning baseados em cenários ajudam a esclarecer aos novos contratados suas funções e responsabilidades de uma maneira interessante e envolvente.

O eLearning baseado em cenário envolve a recriação de situações de trabalho da vida real com a ajuda de um enredo, pano de fundo, personagens e diálogos apropriados. Isso ajuda seus novos contratados a exercitar os conhecimentos adquiridos (relacionados às suas funções e responsabilidades) e a se alinhar melhor às suas funções.

Além disso, você pode realizar sessões de treinamento conduzido por instrutor virtual (VILT) para atividades em grupo em tempo real para que os alunos entendam como suas funções afetarão o desempenho de sua equipe e da organização.

5. Pílulas de microlearning para suporte crítico

O onboarding eficaz não termina nas sessões de treinamento formais ou nos programas previamente programados, você precisa garantir que seus alunos recebam suporte nos momentos de necessidade.

Isso é crucial porque, mesmo depois de passar por um treinamento abrangente, os alunos ainda podem ficar presos ao realizar uma tarefa no trabalho. Afinal, os primeiros dias podem ser um pouco cansativos para os novos contratados.

Portanto, é essencial reforçar todo o aprendizado fornecido, e nada melhor do que microlearning para fazer isso. Esses módulos de aprendizagem pequenos oferecem suporte de desempenho just-in-time, crucial para completar uma tarefa com eficácia.

Por exemplo, os alunos podem rapidamente dar uma olhada em um infográfico do que fazer e não fazer ou um mapa de processo interativo para relembrar de seus conhecimentos. Por sua vez, isso aumenta a eficiência dos colaboradores.

Conclusão

Pense seriamente em usar o aprendizado híbrido para seu programa de onboarding de colaboradores, porque a primeira impressão é a melhor impressão! E novos contratados felizes se traduzem em colaboradores de longo prazo felizes e satisfeitos.

Embora essas 5 maneiras certamente levem seu programa de onboarding ao próximo nível, incorporar o aprendizado social ao longo do processo agregará muito valor, especialmente com a força de trabalho das Gerações Y e Z.

Fonte: https://blog.commlabindia.com/elearning-design/blended-learning-onboarding-success-tips

Para diminuir a distância entre a sua gestão e os seus resultados efetivos, a Raleduc oferece recursos com serviços para EAD que se diferenciam pela qualidade de seus conteúdos, pela eficiência das metodologias de ensino, pelo uso de tecnologias modernas de aplicação e monitoramento, pela criatividade gráfico-editorial e pela economicidade de tempo e operacionalidade.

[contact-form to=”rafael@raleduc.com.br” subject=”Contato interno do blog”]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.