7 maneiras de aumentar a retenção da aprendizagem online

Tempo de leitura: 8 minutos

Apenas 54% dos colaboradores aplicam o que aprenderam com o treinamento. Veja como fazer seus colaboradores usarem suas novas habilidades e aumentar a retenção de aprendizagem.

Fonte: Freepik

Fazendo colaboradores aplicarem o que aprenderam

Pense bem. Você acabou de facilitar um webinar incrível ou lançou um ótimo módulo de eLearning. Você recebeu notas de avaliação incríveis e seus alunos ficaram muito agradecidos. Mas eles usarão o que você ensinou?

Infelizmente, as chances estão contra você. Pesquisa mostra que 70% das novas informações aprendidas são perdidas em 24 horas. E o culpado quase sempre é a falta de aplicação prática.

Por que a aplicação prática é importante para a retenção?

Embora o eLearning em si possa aumentar as taxas de retenção em comparação com o treinamento presencial, o fato de um aluno reter as informações geralmente depende de quão bem eles são capazes de aplicar o que aprenderam.

Uma pesquisa recente da Gartner descobriu que apenas 54% dos colaboradores estão aplicando habilidades recém-aprendidas. Mas por quê? A resposta curta é: aprendemos fazendo.

Com o aprendizado virtual, isso pode ser ainda mais desafiador, porque não temos as mesmas oportunidades de aprendizado prático que as aulas presenciais oferecem. Mas existem coisas significativas que podemos fazer para aumentar a retenção do aprendizado em nossas sessões de treinamento remoto.

Como aumentar a retenção de aprendizagem online

Se quisermos aumentar a retenção de aprendizagem de nossos colaboradores, precisamos dar aos nossos alunos oportunidades de experimentar as habilidades que estão aprendendo durante o treinamento. Também precisamos fornecer as ferramentas de que precisam para aplicar o que aprenderam.

Aqui estão 7 maneiras práticas de aumentar a retenção de aprendizagem em treinamento virtual:

1. Pratique habilidades durante o treinamento

Esteja você hospedando um webinar ou desenvolvendo um módulo de eLearning, repetição é a chave. Ao dar aos alunos a oportunidade de experimentar o que estão aprendendo, a retenção pode aumentar.

Mostre-lhes como o que estão aprendendo pode ser usado no trabalho. Para módulos de eLearning, tente incorporar simulações onde eles possam experimentar a tecnologia que estão criando. Dê a eles a chance de demonstrar as habilidades que aprenderam, oferecendo oportunidades de aprendizagem baseadas em cenários.

Com os webinars é um pouco mais difícil fornecer prática de habilidades, mas criar grupos de discussão pode ajudá-lo a dar aos alunos a prática de que precisam. Separe-os em grupos de 3 a 5 colaboradores e ofereça a eles um cenário onde possam aplicar as habilidades que aprenderam.

Frequentemente, com grupos pequenos de discussão, muitos colaboradores se sentem perdidos ou inseguros. Certifique-se de que as instruções sejam claras e forneça estímulos para direcionar a conversa. Se possível, tente fazer com que os facilitadores verifiquem periodicamente cada grupo.

2. Use roteiros de aprendizagem durante seu treinamento

Roteiros de aprendizagem são frequentemente usados ​​na escola e por boas razões. Ao anotar informações, é muito mais provável que você as retenha. Também ajuda a sintetizar o que está sendo aprendido e a fazer conexões significativas entre diferentes módulos ou sessões.

Criar um roteiro pode ajudar seus participantes a focar melhor sua atenção em pontos-chave e garantir que eles prestem atenção ao seu curso ou webinar.

Para começar a criar seu próprio roteiro de aprendizagem, dê uma olhada em seus objetivos principais. O que seus alunos realmente precisam saber? Ao identificar os “fatos-chave” do seu treinamento, você pode criar um roteiro de preencher lacunas ou um de perguntas abertas que pode ajudar os alunos a compreender melhor o seu material.

3. Facilite discussões em grupo

Uma coisa comum em webinars é o formato de apresentação e depois resposta de perguntas. E se houvesse uma maneira melhor? Em vez de compartilhar as informações que você deseja que seus alunos saibam e depois fazer uma sessão de perguntas e respostas, o que aconteceria se você tivesse um diálogo significativo sobre as informações apresentadas?

Existem várias maneiras de fazer isso, mas a mais fácil é inverter os papéis e fazer as perguntas aos alunos.

Por exemplo, “O que você acha que pode ser mais desafiador para você sobre isso?” Se você não obtiver uma resposta (o que pode ser comum em formatos online), faça uma pergunta mais genérica, como “Quem acha que isso pode ser útil?” Depois de obter esse envolvimento inicial, você pode trabalhá-lo e fazer perguntas que facilitarão a retenção.

4. Incorpore aprendizado social ao seu treinamento

Quando pensamos em aprendizagem social, geralmente pensamos em aprender no trabalho e nas interações informais que ajudam a aumentar o conhecimento. Mas também temos a oportunidade de facilitar essas interações em um ambiente virtual.

Usando software e plataformas sociais, podemos criar fóruns de discussão para os colaboradores se envolverem após o término do treinamento. Softwares como o Workplace do Facebook permitem que você crie seus próprios grupos, que apenas sua organização pode ver. O segredo é tornar mais fácil o engajamento de seus colaboradores.

Você também pode fazer com que seus alunos selecionem parceiros de responsabilidade. Eles podem então agendar sessões de acompanhamento para explorar melhor o tópico ou conversar via e-mail em horários definidos.

5. Faça com que os alunos criem um plano de ação

Questionários são uma forma comum de encerrar um eLearning e avaliar o conhecimento do aluno. Embora os testes tenham o sua importância para avaliar o quão bem seus alunos entendem o conteúdo, eles não garantem que eles apliquem o que aprenderam.

Em vez de um questionário, pode ser útil fazer com que o aluno crie um “plano de ação” de como eles planejam usar as informações que aprenderam. Ao fazer perguntas significativas, você pode fazê-los pensar em como as informações são relevantes para eles e aumentar a probabilidade de aplicação das habilidades recém-aprendidas.

6. Forneça auxílios para a realização do trabalho

Mesmo o melhor treinamento não garante que seus alunos se lembrem de tudo o que aprenderam. Com os webinars em particular, parece haver uma tendência de fornecer aos participantes uma cópia da apresentação. Embora isso seja frequentemente solicitado, por que não dar um passo adiante?

Auxílios para o trabalho podem ajudar a complementar seu treinamento e fornecer aos alunos um recurso que eles podem usar para aplicar as informações que aprenderam.

Considere os pontos-chave que seus alunos precisam saber e, em seguida, use isso para criar uma checklist, guia de referência rápida ou outro tipo de auxílio para o trabalho que seus alunos possam consultar.

Melhor ainda, dê a eles a oportunidade de usar este auxílio durante o treinamento com aprendizagem baseada em cenários.

7. Envie uma pesquisa de feedback logo após seu treinamento virtual

Você está enviando pesquisas pós-treinamento para seus colaboradores? Se sim, o que você está perguntando a eles? Se o seu treinamento for como o da maioria, você provavelmente enviará uma avaliação, mas pode ser hora de uma abordagem diferente.

Em vez da pesquisa tradicional de avaliação pós-treinamento, por que não perguntar a seus colaboradores como eles planejam usar as habilidades que aprenderam?

Você ainda pode enviar uma pesquisa de avaliação alguns dias depois, mas a sugestão acima os fará pensar em como aplicar as informações que aprenderam. Em algumas semanas, você pode enviar outra pesquisa para descobrir se eles aplicaram as informações e por que ou por que não.

Como você garante que seus alunos retenham as informações?

Existem muitos fatores que influenciam se seus colaboradores reterão o que aprenderam. Oferecer uma oportunidade de praticar as habilidades que eles estão aprendendo em um ambiente virtual é apenas uma peça do quebra-cabeça.

Também precisamos garantir que nossos alunos entendam como podem usar as habilidades que estão aprendendo e que forneçamos um senso de responsabilidade. Ao apoiar a aplicação prática, podemos aumentar a probabilidade de nossos colaboradores reterem o que aprenderam.

Que estratégias você está usando para garantir que seus trabalhadores usem as habilidades que aprenderam?

Fonte: https://elearningindustry.com/ways-to-boost-virtual-learning-retention

Para diminuir a distância entre a sua gestão e os seus resultados efetivos, a Raleduc oferece recursos com serviços para EAD que se diferenciam pela qualidade de seus conteúdos, pela eficiência das metodologias de ensino, pelo uso de tecnologias modernas de aplicação e monitoramento, pela criatividade gráfico-editorial e pela economicidade de tempo e operacionalidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.