Redefinindo a experiência de aprendizado em meio à crise

Tempo de leitura: 5 minutos

De que maneira você, como gestor e líder, pode permitir que seu pessoal use esse tempo criteriosamente e aproveite ao máximo essa oportunidade? Quais são as opções que eles têm e qual devem escolher?

O bloqueio global imposto pelo COVID-19 está deixando as pessoas ansiosas e incertas. Elas não sabem ao certo quando a pandemia terminará e qual o impacto que ela terá na economia e, o mais importante, na sua carreira e futuro.

Ninguém sabe ao certo como serão as próximas semanas e anos; por isso, é melhor nos prepararmos para qualquer cenário. Por mais que o bloqueio tenha nos restringido, ele também nos deu tempo e oportunidade para fazer um balanço e tirar o melhor proveito do que pode estar reservado para nós.

Na vida, há momentos em que nos sentimos perdidos, presos ou sem opções. Mas o fato é que sempre existem opções. Nós só precisamos saber como escolher a opção que mais combina com nossos pontos fortes.

Então, de que maneira você, como gestor e líder, pode permitir que seu pessoal use esse tempo criteriosamente e aproveite ao máximo essa oportunidade? Quais são as opções que eles têm e qual devem escolher?

A maioria dos adultos que conheço está reagindo à situação atual de uma de três maneiras.

O primeiro lote trata o bloqueio como uma mini-guerra e continua trabalhando em casa com a dedicação de um guerreiro ninja. Eles estão preocupados com seu futuro, com certeza, mas decidiram enterrar suas preocupações sob uma avalanche de trabalho.

Eles se sentam em suas mesas de casa, banhados e prontos, ao mesmo tempo em que normalmente começariam a trabalhar no escritório, e ficam imersos em videochamadas, apresentações e planilhas o dia inteiro.

Eles comem enquanto trabalham e emergem do escritório em casa apenas à noite, com os olhos vidrados por olharem demais para a tela e caem na cama; apenas para levantar e fazer a mesma coisa novamente no dia seguinte.

Há outra categoria de colaboradores que trabalham diligentemente em qualquer projeto que seus chefes lhes atribuam. Mas como eles não têm tanto o que fazer como o primeiro grupo, eles têm mais tempo em suas mãos. De fato, eles também têm mais tempo para se sentir ansiosos e se preocupar com o futuro.

O terceiro grupo compreende pessoas que trabalham em setores que não combinam com o trabalho remoto, como varejo e hospitalidade. Portanto, eles realmente não têm nada a fazer, além de realizar videoconferências com amigos e familiares e acompanhar programas de TV e filmes que perderam anteriormente.

E não vamos esquecer que todos eles também estão ocupados com as tarefas domésticas.

Aprendizado online para o crescimento pessoal

Como líder, você precisa ajudar todos os seus colaboradores – jovens e idosos, seniores e juniores – a encontrar um caminho intermediário significativo.

Embora tenha certeza de que você está se esforçando ao máximo para se comunicar com seus colaboradores e mantê-los motivados, posso sugerir que inclua o aprendizado online para seu crescimento pessoal como uma das maneiras de ajudá-los a tirar o melhor proveito desse bloqueio e crise.

Os colaboradores que estão se esforçando para trabalhar mais do que nunca, e que provavelmente estão preocupados com seus empregos no mundo pós-pandemia, precisam ter certeza de que seu trabalho duro é apreciado e valorizado. E tudo bem se eles tiverem pequenas interrupções em sua rotina home office.

Como esses trabalhadores são relutantes em reduzir a carga horária, recomendo enviar a eles links para artigos e seminários online curtos, mas interessantes, associados ao seu trabalho, dos quais eles podem aproveitar e aprender sem se sentirem culpados.

Isso terá um efeito triplo. Primeiro, seus colaboradores entenderão que você se importa com o bem-estar deles. Segundo, eles aprenderão algo novo para usar em seu trabalho. Terceiro, eles terão uma pausa muito necessária de sua rotina habitual e voltarão ao trabalho rejuvenescidos e energizados por seus novos aprendizados.

Para o segundo e o terceiro lote de colaboradores que têm tempo disponível, recomendo conversas francas sobre o uso do home office para se preparar para um futuro incerto e um incentivo claro para a adoção de um aprendizado online que fortaleça suas habilidades técnicas e comportamentais.

Tenho certeza de que as pessoas entendem que o mundo pós-COVID será difícil. Você pode ajudá-los a entender que a melhor maneira de se preparar é aprimorando suas habilidades e conhecimentos funcionais.

É provável que o trabalho remoto se torne parte integrante de nossas vidas daqui para frente. Portanto, é vital que você equipe seus trabalhadores com ferramentas de colaboração digital e os exponha a recursos digitais como webinars e cursos de eLearning que os ajudem a manter seu bem-estar emocional, manter a produtividade e investir no crescimento pessoal.

Para aqueles que vivenciaram apenas uma economia em expansão, não é fácil obter qualificação. Mas isso resultará em recompensas.

Por mais sombrias as coisas pareçam neste momento, sempre há uma oportunidade de se preparar para o que o futuro nos guarda.

Você sempre tem mais opções do que pensa.

Fonte: https://www.peoplemattersglobal.com/blog/employee-relations/redefining-the-learning-experience-for-employees-in-a-crisis-25496

Para diminuir a distância entre a sua gestão e os seus resultados efetivos, a Raleduc oferece recursos com serviços para EAD que se diferenciam pela qualidade de seus conteúdos, pela eficiência das metodologias de ensino, pelo uso de tecnologias modernas de aplicação e monitoramento, pela criatividade gráfico-editorial e pela economicidade de tempo e operacionalidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.