5 dicas simples de experiência de usuário para dar ao seu curso online uma vantagem

Tempo de leitura: 6 minutos

As 5 dicas de experiência de usuário a seguir focam na experiência de design e entrega do seu curso online e em como elas podem ser otimizadas para oferecer uma vantagem.

5 dicas de experiência de usuário para seu curso online

Você sabia que é muito mais caro adquirir novos clientes do que manter os já existentes?

Um estudo da Harvard Business Review descobriu que pode custar de 5 a 25 vezes mais para adquirir um novo cliente do que para manter um cliente existente. Isso explica por que você deve observar a rotatividade ao criar seus cursos online.

Além disso, dados da Bain & Company mostram que aumentar a retenção de clientes em apenas 5% pode aumentar seu lucro entre 25% e 95%.

Com o entendimento dos fatos acima, torna-se imperativo dedicar mais esforço à experiência do usuário (UX) ao projetar seu curso online.

As 5 dicas a seguir de UX focam na experiência de design e entrega do seu curso online e em como elas podem ser otimizadas para oferecer uma vantagem.

1. Considere várias mídias para seu curso

Embora a maioria dos cursos digitais tenda a favorecer conteúdo em formato de vídeo ou áudio, pode ser uma boa ideia adicionar outras mídias.

Vários estudos foram realizados para comparar o desempenho dos alunos que consumiram conteúdo lendo com aqueles que consumiram conteúdo por meio de áudio / vídeo.

Geralmente, não há muita diferença – e, em alguns casos, a leitura (principalmente o texto impresso) aparece no topo.

Um estudo específico, comparando a retenção entre os alunos que aprenderam via podcasts e os alunos que aprenderam via texto, descobriu que os alunos que aprenderam via texto tiveram um desempenho muito melhor. Outro estudo não encontrou muita diferença.

Independentemente disso, você deve garantir a oferta às pessoas do maior número possível de mídias para consumir o conteúdo do seu curso. Isso inclui vídeo, áudio, texto, recursos visuais e meios interativos.

Além de garantir uma melhor compreensão do seu conteúdo, a entrega do conteúdo do curso online através de muitas mídias diferentes não aumentará suas chances de reter usuários de regiões onde é difícil acessar o conteúdo de mídia devido a problemas de conectividade.

Leia também: Aprendizagem móvel e as experiências de treinamento

2. Desenvolva um sistema de acompanhamento para aumentar a conclusão do curso

Você sabia que a taxa média de conclusão do curso online massivo aberto (MOOC) é de 15%? Em outras palavras, menos de 20% dos inscritos concluem os cursos online nos quais se inscrevem.

A rotatividade é alta quando menos de 20% dos inscritos concluem o seu curso digital. No entanto, isso pode ser resolvido através do desenvolvimento de um sistema de acompanhamento que pode ajudar mais pessoas a concluir seu curso.

Por exemplo, todo curso deve ter um sistema de acompanhamento por e-mail que não apenas envie lembretes às pessoas para que eles realizem cada lição do curso, mas também envie um resumo após a conclusão da lição e solicite que concluam tarefas relacionadas ao curso.

Não pare por aí. Aprimore o acompanhamento mandando mensagens de texto ou notificações push para lembrar as pessoas de realmente conferirem as lições do curso.

leia também: 5 maneiras para criar uma ótima experiência em treinamentos online

3. Melhore a velocidade dos seus mecanismos de entrega

Somos uma geração impaciente e cada vez mais impacientes, graças à tecnologia. Se levar muito tempo para acessar as lições do curso, muitas pessoas preferem não passar pelo aborrecimento.

Dessa forma, você deve garantir que os mecanismos usados ​​para fornecer seu curso online funcionem da melhor maneira possível.

Há muitas maneiras de melhorar a velocidade de seus mecanismos de entrega. Por exemplo:

  • Você sabia que muitas pessoas abandonam um site que leva mais de três segundos para carregar? Se o site do seu curso demorar muito para carregar, não apenas a taxa de conversão de inscrição será baixa, como também a rotação será alta.
    Você pode resolver isso trabalhando no seu host; por exemplo, uma análise dos hosts do WordPress web descobriu que alguns deles são duas vezes (ou mais!) mais rápidos que outros. Se o seu curso estiver hospedado no WordPress, isso significa que você deve selecionar cuidadosamente um host otimizado para o sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS).
    Isso vale para todos os outros sistemas de gerenciamento de aprendizagem (LMS’s) também. Você também deve considerar o uso de uma rede de distribuição de conteúdo (CDN) e ativar o cache para garantir uma experiência mais rápida no site.
  • Considere ter vários formatos do seu conteúdo de mídia para facilitar o acesso. Por exemplo, uma vídeo aula de 1,4 GB pode ser compactada para vídeos de baixa definição de cerca de 700 MB e 350 MB. Pode-se então exibir as três opções para que os usuários possam assistir de acordo, dependendo do dispositivo, disponibilidade da rede e preferência.
  • Considere a possibilidade de introduzir opções para permitir que alunos rápidos e alunos mais comprometidos concluam seus cursos em um ritmo muito mais rápido. Não seja muito rígido quanto a que todos os alunos concluam o curso ao mesmo tempo, se isso for possível.

4. Defina expectativas e seja consistente

Você pode pensar que é sensato surpreender constantemente os alunos, mas achará que a consistência é mais gratificante.

Seja pelo mecanismo de entrega usado, pela aparência do seu curso ou por outros aspectos dele, é uma boa ideia definir expectativas e ser consistente com as expectativas estabelecidas.

Quando os usuários sabem o que esperar, é mais provável que se encaixem nessa expectativa e progridem de acordo.

Pesquisas mostram que geralmente nos ressentimos (e resistimos) às mudanças e que tendemos a preferir que as coisas sejam da mesma maneira que foram e com o que estamos familiarizados.

Crie seu curso online armado desse conhecimento!

5. Estabeleça marcos e introduza recompensas

Por fim, você deve definir marcos e apresentar recompensas para os alunos do seu curso de e-learning.

Por exemplo, os alunos podem ser recompensados ​​quando completarem 10% do seu curso, depois 25%, 50%, 90% e 100%. Eles podem receber uma medalha que mostra publicamente sua taxa de conclusão.

Esse tipo de recompensa incentiva os alunos individualmente e dá a eles algo a que aspirar. Também faz outros estudantes que a percebem desejarem obter algo semelhante.

Fonte: https://elearningindustry.com/simple-ux-tips-give-ecourse-competitive-edge

Para diminuir a distância entre a sua gestão e os seus resultados efetivos, a Raleduc oferece recursos com serviços para EAD que se diferenciam pela qualidade de seus conteúdos, pela eficiência das metodologias de ensino, pelo uso de tecnologias modernas de aplicação e monitoramento, pela criatividade gráfico-editorial e pela economicidade de tempo e operacionalidade. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.