Indicadores MEC para EAD: 6 dicas para obter nota 5 no credenciamento da sua IES

Tempo de leitura: 6 minutos

Os indicadores MEC são os critérios utilizados na autorização de cursos superiores EAD e presenciais, e credenciamento de IES. Neste artigo, vamos tratar especificamente dos cuidados que se deve tomar para obter nota 5 (nota máxima pelo MEC) no credenciamento da sua IES, mais especificamente em indicadores focados em quesitos da EAD.

Caso queira saber mais sobre como obter nota 5 na autorização de curso superior EAD, clique nos links abaixo:

Indicadores MEC: Como obter nota 5 na autorização do seu curso superior EAD – Parte 1

Indicadores MEC: Como obter nota 5 na autorização do seu curso superior EAD -Parte 2

É importante ressaltar que para obter o credenciamento MEC sua IES não precisa alcançar a nota 5 (cinco), uma vez que a nota mínima exigida é 3 (três). Entretanto, Instituição de Ensino Superior com nota 5 são consideradas de excelência e com consequente diferencial no mercado. Então te pergunto: você quer sua IES sendo reconhecida como a melhor ou como mais uma no mercado?

Para ofertar educação superior, as faculdades privadas devem solicitar ao Ministério da Educação (MEC) o seu credenciamento – entrada da IES no Sistema Federal de Ensino, assim as instituições se submetem a processo avaliativo para obter o credenciamento. É neste que os indicadores MEC entram em ação.

Então, vamos conhecer e compreender os principais indicadores que separamos para obter o credenciamento da sua IES.

1. Oferta de cursos com disciplinas integral ou parcial EAD

É importante que as IES que pretendem ofertar cursos na modalidade a distância (integral ou parcialmente) atentem-se aos critérios estabelecidos pelo MEC. Tais critérios estão previstos na portaria n° 1.134 de 10 de outubro de 2016, destinada a cursos  na modalidade a distância e para cursos presenciais que ofertam disciplinas (integral ou parcialmente) na modalidade a distância.

Assim, para obter a nota 5 no credenciamento a IES precisa:

Atestar que a política institucional para a modalidade a distância está articulada com o PDI e contempla o alinhamento da base tecnológica institucional com o projeto pedagógico da sua utilização, observando a formação pretendida para os discentes (na sede e nos polos) e considerando as condições reais da localidade de oferta.

2. Polos

Para obter nota 5 no credenciamento da IES, também é importante atentar-se aos critérios para abertura de polos (para IES com previsão de polos), bem como fazer estudo de implantação de polos EAD.

Assim, para obter a nota 5 no credenciamento a IES precisa:

Atestar que o PDI apresenta estudo para implantação de polos EAD que considera sua distribuição geográfica e aspectos regionais sobre a população do ensino médio, a demanda por cursos superiores e a relação entre número de matriculados e de evadidos, bem como a contribuição do(s) curso(s) ofertado(s) para o desenvolvimento da comunidade e os indicadores estabelecidos no PNE vigente.

3. Corpo de tutores

Outro item importante para atentar-se é a política de capacitação e formação continuada para o corpo de tutores presenciais e a distância, uma vez que os critérios do MEC referente ao corpo de tutores estão previstos na portaria n° 1.134 de 10 de outubro de 2016.

Assim, para obter a nota 5 no credenciamento a IES precisa:

Atestar que a política prevista de capacitação e formação continuada para o corpo de tutores presenciais e a distância possibilita a participação em eventos científicos, técnicos, artísticos ou culturais, em cursos de desenvolvimento pessoal e profissional e a qualificação acadêmica em graduação e/ou programas de pós- graduação, com práticas regulamentadas.”

4. Produção e distribuição de material didático

Outro item abordado pelos critérios do MEC é a produção e distribuição de material didático conforme previsto na portaria n° 1.134 de 10 de outubro de 2016.

Assim, para obter a nota 5 no credenciamento a IES precisa:

Atestar que o sistema de controle de produção e distribuição de material didático previsto considera o atendimento da demanda, a existência de uma equipe técnica multidisciplinar responsável, estratégias que possibilitem a acessibilidade comunicacional, disponibilização por diferentes mídias, suportes e linguagens, plano de atualização do material didático e apoio à produção de material autoral pelo corpo docente.

5. Estrutura dos polos EaD

As instituições com previsão de polos devem disponibilizar as informações dos polos na sede da IES.

Assim, para obter a nota 5 no credenciamento a IES precisa:

Atestar que a estrutura física, tecnológica e de pessoal nos polos possibilita a execução das atividades previstas no PDI, viabiliza a realização das atividades presenciais, apresenta acessibilidade, é adequada ao projeto pedagógico dos cursos vinculados, propicia interação entre docentes, tutores e discentes e possui modelos tecnológicos e digitais aplicados aos processos de ensino e aprendizagem e diferenciais inovadores.”

6. Ambiente Virtual de Aprendizagem – AVA

O Ambiente Virtual de Aprendizagem – AVA é uma plataforma que servirá de ponte entre o material (conteúdos, atividades, etc) e as pessoas envolvidas (aluno, professor, tutor, coordenador, gestor, etc). Tal ambiente está previsto na portaria n° 1.134 de 10 de outubro de 2016.

Assim, para obter a nota 5 no credenciamento a IES precisa:

Atestar que o AVA está integrado com o sistema acadêmico e atende aos processos de ensino-aprendizagem, conforme disposto nas políticas institucionais para educação a distância estabelecidas pela IES, possibilitando a interação entre docentes, discentes e tutores, com proposição de recursos inovadores.

Concluindo…

Vimos alguns cuidados necessários para obter a nota máxima no credenciamento da sua IES junto ao MEC.

Assim, abordamos: Oferta de cursos com disciplinas integral ou parcial EAD, Polos, Corpo de tutores, Produção e distribuição de material didático, Estrutura dos polos EaD e Ambiente Virtual de Aprendizagem – AVA.

Caso queira saber como obter nota 5 na autorização do seu curso superior EAD, criamos dois artigos Parte 1 e Parte 2 para tratar destes indicadores.

Se você é gestor e está com dificuldades em entender algum aspecto da regulamentação de EAD ou deseja se aprofundar mais, entre em contato com um de nossos especialistas! Será uma grande satisfação te ajudar.

Para diminuir a distância entre a sua gestão e os seus resultados efetivos, a Raleduc oferece recursos com serviços para EAD que se diferenciam pela qualidade de seus conteúdos, pela eficiência das metodologias de ensino, pelo uso de tecnologias modernas de aplicação e monitoramento, pela criatividade gráfico-editorial e pela economicidade de tempo e operacionalidade.

Caso queira saber como ajudamos as organizações: FACSP, FAAHF, ASSEFAZ, TCE-RJ, HCPA, UFRGS, INFRAERO, SEST SENAT, SEBRAE Nacional, DETRAN/RJ, entre em contato e fale com um de nossos especialistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.