[Entrevista] O futuro da EAD e o desenvolvimento de pessoas com Derson Lopes Jr.

Tempo de leitura: 6 minutos

Entrevistas são sempre muito bem-vindas, não é mesmo? E esta semana conversamos com o doutor e professor Derson Lopes Jr. sobre o desenvolvimento de pessoas e o futuro da EaD.

Não há dúvidas de que o mundo caminha para educação e trabalhos cada vez mais colaborativos e cooperativos. Nesse contexto, as tecnologias estão presentes para nos auxiliar nessa empreitada. Vamos conferir a entrevista com o Derson e entender um pouco mais!

Aprecie sem moderação! 😉

1 – Quem é o professor Derson Lopes Jr.?

Derson Lopes Jr. é líder de prática e professor na VitalSmarts, leader-partner na GOTT desenvolvimento, Coordenador de MBAs no Unasp EAD e aluno pesquisador no doutorado em administração da Unicamp. Possui mestrado profissional em administração financeira pela FECAP, MBA em Gestão Financeira, certificação internacional em gerenciamento de projetos PMP (project manager professional), além das graduações em Administração de Empresas, Ciências Contábeis e Teologia. Atuou como gerente de projetos da ADRA Bangladesh, professor e gerente de projetos de voluntariado internacional no Unasp – Campus Engenheiro Coelho e Campus São Paulo; Gerente de Projetos e Diretor de Comunicação na Associação Paulista Leste; Líder de Jovens na Associação Central Paranaense, supervisor de filial na Casa Publicadora Brasileira; Representante Comercial na Superbom e Bonduelle. Autor dos livros “Administração da Igreja Missional” e “Gerenciamento de Projetos ao Alcance de Todos”. Paralelamente às atividades profissionais, possui mais de 18 anos de experiência na liderança e formação de voluntários.

 

2 – Qual o maior erro que você já cometeu no universo da liderança e do desenvolvimento de pessoas?

Sem dúvida nenhuma, meu maior erro em liderança foi subestimar a capacidade das pessoas. Podemos fazer isso de diversas formas: controlando-as, procurando dizer exatamente o que elas têm de fazer, diminuindo autonomia, não ouvindo sugestões, entre outras. O paradigma da liderança está em ouvir essas pessoas, influenciá-las e compreender que elas sempre terão o poder de escolha.

 

3 – Qual a maior inovação que você já viu no desenvolvimento de pessoas?

Inovação é uma palavra muito ampla e com diversas interpretações diferentes. Mas poderia dizer que as melhores práticas de desenvolvimento de pessoas que já vi estão relacionadas com os 3 pilares da motivação 3.0 de Daniel Pink: Autonomia, Excelência e Propósito.

 

4 – Como conversado, você nos contou que assumiu recentemente a coordenação de dois MBAs EAD, como você está em relação a isso? Já havia trabalhado com ensino a distância antes? É uma novidade? Como você está se sentindo e quais as suas expectativas com essa nova experiência?

Eu tive oportunidade de atuar como professor conteudista em MBAs do SENAC e da UNISUL, nos quais também fui professor regente. A coordenação de MBAs surgiu como uma nova oportunidade e também como um desafio. Eu gosto de desafios e de promover o desenvolvimento e aprendizado das pessoas, então estou muito feliz com essa nova função. Há algum tempo tenho estudado sobre EAD e não tenho dúvidas de que esse é um caminho sem volta e que tende a crescer no mundo todo. Um exemplo é o sucesso de plataformas como Coursera e outras, que promovem conteúdos das melhores universidades do mundo. O conhecimento está se tornando uma commoditie. Com isso, a diferenciação das instituições de ensino estará cada vez mais relacionada à seleção dos melhores conteúdos e às experiências oferecidas. Nosso objetivo na coordenação dos MBAs do Unasp EAD é oferecer um conteúdo de qualidade, referenciado por exímios professores e, ao mesmo tempo, provocar os estudantes a criarem suas próprias experiências marcantes nesse processo de aprendizado, buscando, ainda, a nossa excelência enquanto gestores de impacto, não apenas nas organizações, mas também na sociedade de maneira geral.

 

5 – Aproveitando o assunto, você acredita que a educação a distância pode ajudar no gerenciamento e desenvolvimento de pessoas dentro de uma organização?

Não há dúvidas quanto à importância do EAD no ambiente organizacional. Fatores como: escassez do tempo, crescimento dos movimentos home office, dificuldade de mobilidade das grandes cidades e flexibilidade de horários no trabalho estarão pressionando os colaboradores a buscarem alternativas diferenciadas de aprendizagem que possam se adaptar a sua realidade, atendendo seus horários mais produtivos e possíveis, ainda que sejam na madrugada, no caminho do ônibus, ou mesmo no horário de almoço. O EAD é ainda um canal para que os colaboradores busquem por si mesmo, ainda que as empresas não se preocupem, seu crescimento e desenvolvimento. Podemos dizer que ele torna quase que universal o acesso ao desenvolvimento pessoal e profissional, com opções para todos os bolsos, inclusive gratuitas.

 

6 – Como você imagina que a EAD pode impactar o mercado profissional daqui a 10 anos?

A consolidação do EAD irá pressionar os profissionais e o próprio mercado a elevar o nível em sua busca pela excelência. Cada vez mais pessoas terão acesso a cursos de idiomas, pós-graduações, cursos técnicos, etc. Isso fará com que os acomodados sejam deixados fora das melhores opções profissionais e com duas opções: correr atrás de qualificação ou aceitar subempregos, que estarão com os dias contados para serem substituídos pelos robôs e máquinas. Em suma, esse movimento provocará um crescimento do mercado de maneira geral.

 

7 – E para finalizar, conte-nos quem é o Derson Lopes quando não está no trabalho?

Leitura, voluntariado e viagens são minhas principais paixões. Aprender em novas culturas, servir em diferentes comunidades e especialmente contribuir de alguma forma para o crescimento das pessoas são os grandes combustíveis de minha existência. Espero poder deixar um legado de estímulo à busca pela excelência em todas as esferas da vida de cada ser humano.

_

Show! Agradecemos imensamente por esta entrevista incrível, Derson! Que venham muitas outras!

E você, leitor? Acredita que as tecnologias educacionais podem transformar a gestão e desenvolvimento de pessoas?

Para diminuir a distância entre a sua gestão e os seus resultados efetivos, a Raleduc oferece recursos com serviços para EAD que se diferenciam pela qualidade de seus conteúdos, pela eficiência das metodologias de ensino, pelo uso de tecnologias modernas de aplicação e monitoramento, pela criatividade gráfico-editorial e pela economicidade de tempo e operacionalidade. Diante do exposto, caso queira saber como ajudamos as organizações: ASSEFAZ, TCE-RJ, HCPA, UFRGS, INFRAERO, SEST SENAT e SEBRAE Nacional, entre em contato e fale com um de nossos especialistas.

Gostou da entrevista? Então compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.