Inovação sob os olhos de Michel Foucault

Tempo de leitura: 2 minutos

Em grande parte das nossas publicações, estamos falando sobre a arte de inovar. Mas o que, de fato, é inovação?

Conforme Michel Foucault, ela pode ser entendida como uma relação nova entre conceitos antigos.

Como assim? Quer dizer que inovação não precisa ser necessariamente uma ideia totalmente nova?

Vamos falar um pouco sobre as ideias do referido autor. Mas antes…

Quem é Michel Foucault?

Ele é considerado um dos maiores pensadores contemporâneos sobre Antropologia Social.

Nasceu em 1926 na França, formou-se em Psicologia e Filosofia, e lecionou esta última em universidades francesas.

 

Foucault e a ideia de inovação

Durante um debate entre Noam Chomsy e Michel Foucault sobre a natureza humana, Foucault explica que os elementos utilizados para dar vida a uma determinada inovação definem a aceitabilidade dessas inovações na sociedade, bem como o seu caráter científico.

Assista ao vídeo do debate com legendas em português.

A sociedade desenvolve regras para dizer se aquela ideia é inovadora ou criativa e a aceitabilidade dela vai depender das circunstâncias em que foi concebida.

Foucault critica o fato de a sociedade enaltecer o “como a ideia foi concebida” em vez de engrandecer a ideia resultante. Também mostra que uma vez desenvolvida por uma única pessoa tem mais valor do que a desenvolvida em coletivo.

 

Para finalizar…

A ideia de “inovação” deve ser repensada como um todo. Lembrar que inovação pode até mesmo ser o resgate de uma solução passada.

Para desenvolver uma mente mais “inovadora” e criativa, exercite-a com leituras dos mais diversos gêneros, faça atividades de lógica (inclusive, temos um post sobre o Sudoku. Que tal dar uma conferida?) e pratique atividades físicas.

E o mais importante, não tenha medo de errar e seja mais aberto às críticas. A partir delas podemos evoluir a nossa ideia!

A Raleduc traz o uso de soluções coletivas e criativas para revolucionar o treinamento corporativo. Caso queira saber como ajudamos as organizações: ASSEFAZ, TCE-RJ, UFRGS, INFRAERO, SEST SENAT e SEBRAE Nacional, entre em contato e fale com um de nossos especialistas.

Gostou do artigo? Então compartilhe com seus amigos!

Referências

Nova Escola – Pensadores: Michel Foucault – Educação como prática da liberdade

Inovação de Michel Foucault nos jogos

DREYFUS, H.; RABONOW, P. Michel Foucault, uma trajetória filosófica. Rio de Janeiro: Editora Forense Universitária, 1995

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.