O que é material didático?

Tempo de leitura: 2 minutos

Apostilas e livros digitalizados, montanhas de folhas, PDF’s sem graça… Para muitos estudantes e professores essa é a definição de material didático.

Esse tipo de material pode e deve ajudar o aluno a alcançar o melhor entendimento do assunto do curso, e até mesmo trazer conteúdos a mais, curiosidades e saberes adicionais.

Porém, sabemos que essa “grande variedade” de documentos pode não ser atrativa, e de nada adianta oferecê-la sabendo que o estudante não ficará interessado.

Você sabe o que é material didático?

Independentemente do tipo de ensino, presencial ou a distância, o material didático serve como base, como uma orientação ao aluno.

O grande desafio das instituições a distância é na entrega desses materiais.

Mas aí entra a grande questão: o que é, de fato, um material didático

O material de apoio pode ser QUALQUER COISA desde que esteja associado ao contexto educativo¹.

Ou seja, qualquer documento, arquivo, ferramenta, etc., que apoiar o saber apresentado pode ser um material didático.

“Ao que parece, todo material, sistema ou meio que tenha a intenção de apoiar a atividade pedagógica é considerado material didático quando sua concepção está estritamente ligada à transposição didática dos conhecimentos sistematizados e definidos no planejamento didático.” (SANTOS e ANDRADE, 2010)

Isso facilita tanto o ensino a distância quanto o presencial, além de contribuir para o aluno buscar de fato o material.

Imagina o aluno ter como material de apoio fotografias, filmes e documentários, além de livros?

Com certeza é um pontapé inicial para uma educação mais integrada com as novas tecnologias, uma vez que o mundo caminha a passos largos em direção a uma sociedade na qual saberes ecléticos são fundamentais.

O material didático vai muito além do que um “apoio para a sala de aula”, ele incentiva o aluno a buscar novos conhecimentos de forma independente, a construir uma estrutura de saber sólida e a promover uma construção intelectual.

Pra finalizar…

Como vemos, o uso do material didático tem como fim incentivar o aprendizado autodidata e a busca por conhecimento de forma independente.

Ressalta-se, todavia, que essa motivação pelo aprendizado é um grande desafio enfrentado hoje, tanto por instituições a distância quanto presenciais.

Além disso, o educador, as instituições e as empresas fornecedoras de serviços educacionais precisam saber como utilizar determinados recursos a fim de despertar a curiosidade e elaborar atividades que vão muito além de ler um texto e escrever relatórios.

A Raleduc traz o uso de novas tecnologias para revolucionar o treinamento corporativo. Caso queira saber como ajudamos as organizações: ASSEFAZ, TCE-RJ, UFRGS, INFRAERO, SEST SENAT e SEBRAE Nacional, entre em contato e fale com um de nossos especialistas.

Gostou do artigo? Então compartilhe com seus amigos!

Referências bibliográficas

SANTOS, Gilberto Lacerda; ANDRADE, Jaqueline Barbosa Ferraz de. Virtualizando a Escola – Migrações docentes rumo à sala de aula virtual. Brasília. Liber Livro. 2010.

Glossário

1 – Contexto Educativo: assunto em que o curso está inserido, por exemplo: matéria, área, etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.