O que é NTICE?

Tempo de leitura: 4 minutos

As Novas Tecnologias de Informação, Comunicação e Expressão (NTICE), como o próprio nome nos refere, são os novos meios de comunicação que estão presentes, hoje, no mundo real e virtual.

No momento atual, vivemos em um mundo extremamente integrado, no qual vários periféricos¹ podem ser acessados em um único aparelho, assim como vários serviços podem ser “acessados” por meio de um único aplicativo.

Vamos voltar no tempo…

Há alguns anos, utilizávamos diferentes aparelhos e cada um desempenhava única e exclusivamente o seu papel.

O celular, por exemplo, era utilizado apenas para ligações e envios de torpedos. Se a mensagem fosse muito curta, podíamos usar o Pager, popularmente conhecido como Bip. A câmera tirava somente fotografias. Para realizar filmagens, era necessária uma filmadora. Por fim, para ouvir música, tínhamos o walkman e, para trocar de “playlist”, tínhamos que andar com nossos CD’s.

Sim, variadas ações dependiam de diversificados aparelhos. Quantos objetos carregávamos? E hoje, quantos precisamos levar conosco?

A tecnologia trouxe um facilitador para nossa vida, podemos realizar incontáveis tarefas com nossos smartphones, e até mesmo acessar muitos serviços, como: redes sociais, delivery de comida, streaming de vídeos e músicas, compras online, acesso ao banco, download dos mais diversos conteúdos, entre outros. Como se percebe, as possibilidades são consideráveis.

Antes de continuarmos o assunto, veja o vídeo abaixo. Ele ilustra de forma clara o que estamos falando.

NTICE

O mundo hoje cabe na palma da nossa mão. A tecnologia avança diariamente e, com isso, exige-se compreensão, reinvenção e adaptação aos novos padrões culturais.

Desse modo, as NTICE são as novas tecnologias que abraçam essas três ações e fazem com que trabalhem de forma integrada. E assim como estamos em constante processo de estudo e adaptação, a educação também está buscando se transformar junto com esta crescente onda.

NTICE e a Educação

A educação como um todo, tanto presencial como a distância, pede uma reconfiguração, uma reformulação pedagógica e tecnológica.

Há a necessidade da integração entre as novas tendências tecnológicas e o ensino. E serve, não só para atender a demanda que já está em processo de estudo, mas também para atender um novo público, desde o fundamental, até o ensino superior, sem contar os cursos livres presenciais ou virtuais.

“O acesso às Novas Tecnologias de Informação e Comunicação (NTICE), em especial à informática, vem desenvolvendo novas formas e estruturas do pensamento, necessárias para a navegação na rede mundial de computadores, para a exploração de ambientes virtuais de aprendizagem, para a auto-aprendizagem em situações de educação a distância e para a exploração pedagogicamente significativa de softwares educativos. Temos aí um movimento de mão dupla em que as novas estruturas que vão sendo construídas com apoio das NTICE exigem constantes inovações tecnológicas, tanto materiais, quanto intelectuais, que dêem suporte a elas.” (SANTOS, 2010)

Para finalizar…

É uma mudança que vai muito além da educação, do método. É uma mudança cultural, que abrange o uso, a inserção no universo virtual e até a produção de material didático digital.

Não é apenas uma transposição de material que deve ser feita para caracterizar a migração do ensino presencial para o ensino a distância. Mas sim, o conteúdo deve ser pensado para esse formato.

As NTICE estão aí para ajudar e revolucionar o sistema de ensino plural e integrado.

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos!

A Raleduc traz o uso de novas tecnologias para revolucionar o treinamento corporativo. Caso queira saber como ajudamos as organizações: ASSEFAZ, TCE-RJ, UFRGS, INFRAERO, SEST SENAT e SEBRAE Nacional, entre em contato e fale com um de nossos especialistas.

Referências

SANTOS, Gilberto Lacerda; ANDRADE, Jaqueline Barbosa Ferraz de. Virtualizando a Escola – Migrações docentes rumo à sala de aula virtual. Brasília. Liber Livro. 2010.

Glossário

1 – Periféricos: equipamento ou dispositivo que não faz parte da unidade central de um computador, mas tem uma função no tratamento de informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.