Moldando a indústria do e-learning

Tempo de leitura: 5 minutos

O e-learning oportuniza o gerenciamento dos talentos de cada colaborador, buscando melhorar o potencial dos que apoiam as metas e os objetivos das organizações.

Eles precisam aprender e(ou) aumentar os conhecimentos por meio de novas oportunidades de aprendizado e receberem o suporte necessário quando tentarem lembrar de algo que já exploraram.

Durante o curso organizacional, é imprescindível que eles tenham o suporte de aprendizado quando algo dá errado e tenham a informação para proceder com a correção de maneira adequada.

Com o objetivo de apoiar os estudantes por meio de casos que exigem aprendizagem, as tendências emergentes estão moldando o mundo da aprendizagem corporativa.

Gerenciando a aprendizagem

Com o crescente sucesso do e-learning, muitas organizações implementaram os produtos de Sistema de Gestão de Aprendizagem (SGA) na última década. Mas a verdade é que elas estão insatisfeitas com o sistema existente e estão ansiosas para mudar.

Leia mais em: Aprendizagem móvel e as experiências de treinamento

Assim, uma das principais razões para a substituição do SGA atual é a necessidade de melhorar a experiência administrativa.

Recursos de relatórios aprimorados e compatibilidade móvel também são fatores levados em consideração pelas organizações para escolher o sistema de gerenciamento de aprendizagem empresarial.

Aprendizagem personalizada

O aprendizado personalizado se opõe à estratégia de um “tamanho único” – um plano adotado frequentemente para criar e entregar treinamento dentro dos prazos e dos orçamentos disponíveis.

Mas, apesar das preocupações orçamentárias, temos de levar em consideração que os estudantes modernos querem uma aprendizagem adaptável às necessidades pessoais, à velocidade e ao estilo preferido.

Em um ambiente personalizado, a exibição de conteúdo é adaptada aos estilos e às necessidades de aprendizagem individuais.

Desse modo, a descoberta de conteúdo passa de um estilo de “catálogo de cursos” para um modelo adaptável.

O primeiro passo para a personalização é o aprendizado de análises.

O SGA moderno é o xAPI, ou Tin Can, em que as organizações e os alunos podem coletar dados fora de um sistema de gerenciamento a partir de qualquer experiência de aprendizado, a qual pode ser finalizada em qualquer ambiente ou dispositivo.

Isso oferece um caminho de aprendizagem mais efetivo ao aprendiz.

Aprendizagem social

Embora a aprendizagem social não seja um fenômeno novo no espaço corporativo, ela pode ser alinhada de acordo com as normas do local de trabalho, como rastreamento, reconhecimento e segurança.

As tecnologias de aprendizagem social têm um enorme impacto em vários processos principais da empresa, do recrutamento para a formação e o desenvolvimento de talentos.

Além disso, os resultados são rapidamente mensuráveis ​​porque as tecnologias sociais têm um efeito direto e óbvio sobre o desempenho. O futuro da tecnologia social está em explorar aquilo que pode envolver os funcionários.

Nos próximos anos, a aprendizagem social será menos sobre a entrega de conteúdo e mais sobre como ajudar os funcionários.

Já o futuro da tecnologia social está em como as tecnologias geram interações no ambiente de trabalho e em como elas são usadas nos processos comuns.

Aprendizagem móvel

Os alunos modernos nunca estão separados dos celulares e isso afeta o setor de aprendizagem corporativa. A experiência móvel impacta na experiência do navegador e em como os alunos querem ver o conteúdo de aprendizagem em seus telefones.

Na verdade, prevê-se que a próxima geração de sistemas de aprendizagem corporativa pareça mais com sites como o BuzzFeed e o YouTube e menos com catálogos de cursos.

Em um mundo em que tablets, fones de ouvido e outros aparelhos eletrônicos fazem parte da conversação móvel, as organizações precisam pensar mais sobre como otimizar a informação e a comunicação para vários dispositivos de entrega em um ambiente conectado à internet.

Microaprendizagem

A microaprendizagem consiste em aprender em pequenas quantidades e atingir um resultado específico. Essa prática se concentra no suporte ao desempenho e apresenta informações quando e onde o aluno precisa.

As empresas podem utilizá-la para o treinamento formal, bem como para aprender no trabalho. O microaprendizado é ideal para alunos distraídos ou ocupados, pois oferece a oportunidade de construir sua base de conhecimento quando é mais conveniente.

Leia mais em: Micro-Learning: Um gancho para a motivação

O aprendizado desempenha grande parte no ciclo de talentos dentro de uma organização. Para iniciantes, aprender por intermédio da indução é fundamental para embarcar novos recrutas e reduzir o tempo para a competência.

A oportunidade de aprendizagem contínua é sinônimo de crescimento profissional, e é um fator crítico no engajamento dos funcionários, bem como na retenção de aprendizado.

Concluindo

Numa organização, o aprendizado é uma ferramenta para aumentar o desempenho e o desenvolvimento de pessoal existente e para construir habilidades futuras.

Portanto, o treinamento corporativo e a aprendizagem são necessários para o avanço da carreira individual, bem como para a construção da capacidade organizacional no conjunto.

As tendências da aprendizagem corporativa são muitas e variadas, mas todas apontam para a adoção crescente de novas tecnologias alinhadas às necessidades dos alunos modernos.

Caso tenha alguma dúvida ou queira uma ajuda para implementar o e-learning na equipe, entre em contato com a gente!

Gostou do artigo? Então compartilhe com seus amigos!

Este artigo foi uma adaptação do texto Popular Trends Of 2017 – Shaping The E-Learning Industry Today And Tomorrow

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *