O Desafio da Curadoria de Conteúdo

Tempo de leitura: 3 minutos

A Internet é um ótimo repositório de conhecimento. O tamanho total do conteúdo armazenado na web é inimaginável.

E, dentro das intranets organizacionais, a quantidade de material disponível também é impressionante.

Mas será que o conteúdo é bom?

Será que o conteúdo é correto para o propósito certo?

As informações estão atualizadas? 

O conteúdo é compreensível?

Quanto mais nos perguntamos sobre o conteúdo online, mais ineficaz será a busca pela informação certa. A curadoria de conteúdo concentra-se na precisão, relevância, utilidade, valor, e outros aspectos envolvendo conhecimento.

Os curadores de conteúdo estão muito mais focados em encontrar conteúdos corretos, mesmo que para isso precisem abrir mão da quantidade.

Não vamos esquecer os problemas de design, organização, navegação e usabilidade. Claramente, os recursos mal projetados serão mais difíceis de usar e não vão despertar o interesse dos usuários.

Lista de Verificação de problemas na Curadoria de Conteúdo

Aqui estão 10 problemas que devem ser descartados enquanto você faz a curadoria de um conteúdo online:

1. O conteúdo está errado – Nunca deveria ter sido postado em primeiro lugar, ou estava incorreto e deveria ter sido atualizado ou removido.

2. O conteúdo não é autêntico – É correto, mas não relevante para os usuários ou o trabalho que eles fazem.

3. O criador de conteúdo não é respeitável – As credenciais ou conhecimentos dos indivíduos que criaram o conteúdo são questionáveis.

4. O conteúdo está incompleto – Muito está faltando, ou o conteúdo é inútil e sem informações adicionais.

5. Há muito conteúdo – A sobrecarga de informação cria confusão de usuários e esgotamento mental, tornando difícil encontrar o que é realmente útil.

6. O conteúdo é tendencioso – Ele reflete o ponto de vista do autor ou do criador de forma inadequada para o uso designado.

7. O conteúdo é de baixa prioridade ou valor – A utilidade geral do conteúdo é questionável.

8. O conteúdo é doloroso para ler ou aprender – O design, a formatação, o estilo de escrita e do conteúdo não são compatíveis com os usuários ou com suas necessidades.

9. O conteúdo está em conflito com outros conteúdos – É difícil saber o que é correto e o que é incorreto.

10. O conteúdo deve expirar – Se o conteúdo estiver desatualizado ou for substituído, pode não ser prudente manter ou revisar a versão atual.

Use esses identificadores de problemas como uma lista de verificação inicial para avaliar o conteúdo postado online. Se não conseguir cumprir mesmo um desses critérios, você pode considerar retê-lo até corrigi-lo.

Concluindo

Segundo a IBM, o conhecimento está crescendo a cada ano, e a tendência é que este cresça cada vez mais.

Lembre-se de sempre verificar a procedência da informação que você colhe. E ao fazer a curadoria de um conteúdo forneça informações corretas e de origem responsável.

Gostou do artigo? Então compartilhe com seus amigos!

Este artigo foi uma adaptação do texto Marc My Words: From Content Creation to Content Curation: The Importance of Curation.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *