Na EAD é preciso educar os educadores

Tempo de leitura: 7 minutos

EAD

O sistemas de tutorias virtuais em qualquer modelo de educação a distância (EAD) apoiado na Internet, é fundamental e decisivo para o sucesso de um programa de treinamento. A característica principal de um tutor virtual, é incentivar o desenvolvimento do estudo independente, por parte do aluno. A sua figura tem basicamente a função de orientar o estudante para que assimile o conteúdo de forma autônoma.

Quando falamos em educar os educadores, isso significa que o profissional deve procurar cada vez mais se adaptar a esse novo sistema de ensino, mantendo a integração com os meios digitais e se atualizando diante das constantes mudanças que ocorrem no meio educacional. Estar antenado as evoluções tecnológicas, e conseguir manter um diálogo aberto com os estudantes são características fundamentais que deve apresentar um tutor na EAD.

As diversas facetas do tutor virtual

Existem vários termos que são dados aos professores que trabalham no modo de educação a distância, entre os mais comuns são: tutor, conselheiro, facilitador, consultor, entre outros. Tudo isso com base nas funções desempenhadas, já que o trabalho de tutoria online requer uma série de qualidades, competências e habilidades que atendam suas múltiplas funções.

A partir desta perspectiva são consideradas diferentes funções que deve desempenhar um tutor na formação de um aluno na EAD. O tutor analisa as respostas dos estudantes, de modo que o incentive e oriente na reflexão e discussão sobre conceitos, princípios e habilidades. Para fazer isso, é preciso estabelecer metas claras e específicas, é também necessário manter a flexibilidade, incentivar e motivar a participação de todos os alunos.

A ideia não é desenvolver um estilo autoritário, pelo contrário, o tutor na EAD deve ser conciliador e promover conversas privadas para que todos se sintam tratados da mesma forma. Outro fator importante é criar um ambiente amigável em que a aprendizagem é promovida em um ambiente no qual o aluno se sinta motivado e satisfeito.

EAD

Além disso, cada atividade deve servir como impulso para a tarefa seguinte. O tutor deve observar as dificuldades e necessidades individuais dos alunos. O tutor em EAD estabelece diretrizes e normas, no que diz respeito aos objetivos das discussões teóricas e em outras ações desenvolvidas com a finalidade educacional.

A relação do tutor com os alunos e a instituição que promove o ensino

O tutor deve assegurar que os participantes desenvolvam suas habilidades em um sistema colaborativo. O tutor na EAD precisa estimular os alunos, no sentido de que aproveite as tecnologias disponíveis na promoção da aprendizagem.

O tutor deve receber todo o apoio necessário para desenvolver seu trabalho. A formação de um tutor em EAD deve garantir que o profissional tenha todas as condições para colocar em prática suas habilidades e competências para ter uma experiência bem sucedida no programa de educação a distância.

As intuições de ensino ou empresas que promovem cursos a distância devem estabelecer uma boa relação com o tutor. Assim, é possível assegurar que haja o seu melhor aproveitamento possível. Dessa forma, ele poderá cumprir as suas funções plenamente com total responsabilidade, tornando-se um elemento que energiza, promove e orienta a aprendizagem.

Os papéis e responsabilidades do tutor na EAD

A dimensão didática trata de reconhecer que o treinamento online representa uma oportunidade para os tutores conduzirem a aprendizagem dos alunos. Em fóruns virtuais, os tutores e os alunos interagem. Eles fazem perguntas, expõe ideias, respondem perguntas, entre outros. A partir de um ponto de vista educacional, é possível analisar os papeis e responsabilidades do tutor EAD.

Um deles é como um designer de ensino, planejando e avaliando inúmeras situações. O seu papel como um facilitador do ambiente social é propício à aprendizagem. Além disso, tende a ser um especialista em didática para estimular o aprendizado dos alunos. Nesse sentido, é importante ressaltar o fator de “motivação” que deve ser permanente no trabalho de tutor virtual.

Essa é uma maneira de manter o aluno em um estado emocional positivo e favorável para prosseguir com sucesso em seu curso. A formação através da internet, muitas vezes cria um sentimento de perda ou de isolamento em estudantes, especialmente quando surgem problemas que não conseguem resolver.

Assim, será necessário um esforço para o seu desenvolvimento constante, e para isso, nada melhor do que o tutor motivar os alunos em seu progresso. É preciso transmitir mensagens de apoio, fornecer uma atenção pessoal e ser flexível diante dos vários problemas que possam ocorrer.

EAD

Isto é, deve-se levar em conta os diferentes modelos e ações que integram o processo que envolve a tutoria EAD. Isso porque cada pessoa é única, as características dos grupos tendem a variar. Além disso, os contextos variam e cada um responde a diferentes requisitos. Vários autores têm abordado este assunto, tratando das múltiplas qualidades que deve ter um tutor virtual.

Qualidades básicas de um tutor

  • Maturidade e estabilidade emocional, honestidade, auto compreensão, empatia, cordialidade, cultura social, capacidade de ouvir, dentre outras qualidades.
  • Simpatia: essa característica pode ser demonstrada de várias maneiras, por exemplo, o que o tutor diz e escreve, o tom de sua voz, a forma como ele inicia as palestras, chamando os alunos pelo nome.
  • Humildade: em relação à atitude associada aos ambientes virtuais de ensino na EAD, o tutor na prática educativa não deve agir como um ser superior que sabe todas as respostas. Além disso, é preciso tratar o estudante como um adulto com maturidade e equilíbrio, independente da sua idade.
  • Capacidade de aceitação: outra qualidade importante é procurar ajudar os alunos, sem intimidação.
  • Escuta ativa: faz com que os estudantes saibam que estão sendo ouvidos, que suas demandas tem respostas, e que suas dúvidas estão sendo canalizadas.

O tutor e sua adaptação as tecnologias do EAD

A introdução de qualquer tecnologia da informação e comunicação exige a participação de professores sem prejudicar outros agentes. Ela exige profissionais com formação adequada para lidar com a tecnologia inserida na plataforma de ensino a distância.

Esse é um elemento crucial em qualquer inovação em termos de incursão tecnológica no contexto educacional, que depende da maior parte dos casos, da seleção de materiais e recursos tecnológicos, bem como a sua implementação e, por vezes, o seu design e produção.

Isto é, o tutor de EAD desempenha nestes ambientes tecnológicos, não apenas novas funções no ensino, mas também participa da criação e seleção de materiais e recursos, por isso é necessário considerar as qualificações do tutor, competências, atitudes, motivações, adaptação e sua formação.

EAD

Conclusão

Entendemos que o sistemas de tutorias virtuais em qualquer modelo de educação a distância apoiado na Internet, é fundamental e decisivo para o sucesso de um programa de treinamento.

Entendemos a relação do tutor com os alunos e a instituição que promove o ensino, como a troca entre incentivo ao aluno e apoio ao tutor e a boa relação com ambos que a instituição que fornece ensino a distância deve ter.

Vimos que o treinamento online representa uma oportunidade para os tutores conduzirem a aprendizagem dos alunos, sendo este, exemplo dos papéis e responsabilizabilidades do tutor na EAD.

Conhecemos as qualidades básicas que um tutor deve ter como simpatia e capacidade de aceitação.

E ai, gostou do texto? Discorda de algo conversado? Entre em contato com a redação! Estamos ansiosos para ouvir sua opinião.

Nos ajude a disseminar o conhecimento. Compartilhe com os seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.