A Educação EAD no Brasil

Tempo de leitura: 6 minutos

Educacao EAD

Inicialmente, a Educação EAD se dava através de correspondências. Funcionavam assim: Juntamente com o jornal impresso, que era o principal meio de comunicação da época, os professores encaminhavam exercícios a partir de cartas.

Quer entender melhor como foi a evolução da Educação a Distância? Veja nosso infográfico EAD – Uma História.

Diante das inovações tecnológicas, mais precisamente desde os anos 70, iniciou uma nova fase na educação a distância. O papel ainda tinha uma importância significativa nesse meio, porém, passaram a utilizar de maneira abrangente os meios de comunicação, como a televisão e o rádio para propagar o aprendizado.

Em países como os Estados Unidos e na Europa, já estavam se desenvolvendo as universidades abertas que foram consideradas as pioneiras. No Brasil, esse ensino a distância também continuava a ser utilizado, porém de forma experimental.

Entretanto, nos tempos atuais, essa realidade foi transformada. O computador e todos os dispositivos eletrônicos presentes tornaram-se o material base para essa modalidade, principalmente, diante das possibilidades propostas pela internet.

Quer entender ainda mais? Veja nosso infográfico EAD – A História no Brasil antes da Internet.

Inúmeras pesquisas já estudam a proposta de expansão dos conteúdos EAD, onde um público maior possa ser impactado com essa maneira de adquirir conhecimento. Prova disso é que ano após ano, instituições educativas continuam a investir nesse propósito.

Os principais benefícios adquiridos dentro da educação EAD

Startup Stock Photos

Pode-se afirmar que, a partir do incentivo do Poder Público, especialmente dos critérios de desempenho desenvolvidos pelo Ministério da Educação para a modalidade a distância, houve a expansão em níveis significativos.

Inúmeras ações tomadas, como exemplo, o credenciamento de instituições de ensino, o recebimento de diplomas e a realização para atividades avaliativas, proporcionaram a valorização e o reconhecimento por parte da sociedade como um todo.

Também se enfatizou o papel do professor, que deixou de ser um elemento representativo, como muitos pensavam, e mostrou a sua fundamental importância através do cumprimento de um relacionamento professor-aluno na busca da aprendizagem como processo de construção de conhecimento, além da necessidade em possuir um potencial diante das qualificações exigidas pelo MEC para ocupar um cargo.

Recursos como a implementação de uma biblioteca virtual, com a disponibilização de livros também foram oferecidas a partir deste avanço, juntamente com ferramentas extraordinárias que complementaram o processo de aprendizado dos estudantes, como canais de meio de comunicação entre os usuários, tanto profissionais como alunos.

Uma das maiores vantagens é a possibilidade do estudante adequar a sua vontade de aprender e buscar conhecimento ao seu tempo. Assim, não é necessário deixar de priorizar suas outras atividades, como a profissão e a família. Além dos custos que serão reduzidos, já que algumas questões que são inevitáveis no presencial passam a ser eliminadas.

Em relação à autonomia do aluno, ele tem total liberdade em adequar os seus horários de acordo com suas necessidades diárias, além de uma didática inovadora, com ferramentas eficazes para o seu processo de aprendizado, como fóruns, comunidades, vídeos, materiais didáticos complementares e sessões que devem tirar eventuais duvidas.

O que um estudo mostra sobre a educação EAD no Brasil

desk-laptop-notebook-pen

O Censo EAD BR: Relatório Analítico do Aprendizado a Distância  no Brasil, visa compreender o cenário desta modalidade dentro do país, analisando suas principais características e tendências.

Dentre os resultados, está a disparidade regional, onde a grande parte das instituições que adotam esse sistema de ensino está presentes no Sudeste, com a maior porcentagem (41%) e seguido pelo Sul (25%). A maior parte do público tem por preferência o curso livre, ou seja, aqueles que por sua vez se caracterizam pela flexibilidade, o conteúdo e o uso de atividades complementares. Entre os cursos, existe a maior preferência do público entre as áreas de administração, comunicação, turismo e direito, que se incluem dentro da área de ciências sociais.

Além disso, outra questão que disputa a maior procura do público são os meios que o ensino é ofertado, no caso, os formatos digitais e físicos. Mesmo sendo um curso online, os livros e artigos, por exemplo, necessários para a complementação do conteúdo virtual continuam sendo necessário para quem consome esses produtos.

As instituições que aderem essa modalidade de ensino investem em novas possibilidades para a inovação dos cursos oferecidos, ou seja, não se limitam ao que já é comum, buscando novas formas de tecnologias e produção de novos conteúdos.

As características dos profissionais EAD a partir do censo

20151111133947-person-woman-mug-working-computer-notes-planning-laptop-typing-content-management

Sobre os profissionais que atuam nessa área, de acordo com a pesquisa, pode salientar que as equipes são reduzidas, as vezes, contando com menos de 50 pessoas. Ainda é considerável dizer que instituições públicas de educação a distância em números possuem mais trabalhadores do que as privadas.

Quanto ao conteúdo produzido, a maioria das instituições confirmam que as matérias utilizadas são produzidas pelos mesmos, tendo em vista que esses locais têm os meios necessários para isto, como câmeras, equipamentos de áudio, produtores e editores.

A partir das inovações tecnológicas, a maior parte dos cursos EAD adotaram em meio ao seu padrão de ensino, diversos recursos de suporte ao aluno como vídeo aulas e e-books.

Outra característica predominante é a utilização de ambientes virtuais de aprendizagem (AVAs) que é um das ferramentas de maior preferência dos alunos e de quem o promove, no caso, as instituições. A função é o compartilhamento dos seus conteúdos, ao mesmo tempo em que dão a oportunidade da comunicação entre os estudantes e seu corpo docente.

Diante dessas questões, pode-se notar que a modalidade EAD está passando por grandes mudanças e principalmente, ganhando mais visibilidade e reconhecimento. Isso pode ser provado a partir do seu significativo crescimento e por não se limitar mais apenas a um público específico.

Conclusão

No artigo de hoje entendemos um pouco mais sobre a Educação EAD no Brasil da forma prática, com os ambientes virtuais e números provando o crescimento. Vimos que existem pesquisas que comprovam a efetividade dessa modalidade facilitando a escolha de como estudar.

Mas e você? Tem alguma informação que gostaria de acrescentar? Contar como foi sua experiência com o ensino a distância? Conta pra gente! Entre em contato e converse com a nossa equipe de especialistas!

Gostou do texto? Compartilhe com os amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.