Reconhecimento no EaD

Tempo de leitura: 5 minutos

EAD

Mesmo que o preconceito com o ensino a distância venha sendo combatido, e a o mesmo venha se tornando tão comum quanto o ensino presencial, ainda existem dúvidas sobre como é o reconhecimento no EAD.

Com um total de 3.868.706 registros totais, segundo o CENSO/ABED(2014), o EAD vem se tornando cada vez mais presente no dia a dia, inclusive dentro da modalidade presencial, o que é um grande feito, já que há dez anos, havia apenas 52 cursos EAD reconhecidos pelo MEC.

Você provavelmente deve conhecer alguém que viva a realidade do ensino a distância, e já deve ter ouvido alguma história de alguém virando a cara quando ouve que a graduação/pós graduação não é presencial ou, por sua vez, você seja essa pessoa que vive o ensino a distância.

Antes de começar a funcionar, a faculdade precisa ser credenciada. Uma vez credenciada, precisa da autorização do MEC para oferecer um curso e só quando a primeira turma cumprir a metade do currículo é que o MEC faz o reconhecimento desse curso.

Certificado do MEC e o Diploma EAD

Primeira coisa que deve ser deixada bem clara: ensino a distância e presencial tem o mesmo reconhecimento pelo MEC. Isso porquê, constantemente, o MEC se encarrega de cuidar (muito) bem do sistema de avaliações para ambos! Isso mesmo, nada de moleza para nenhum dos lados, certo?

tumblr_static_10orea0p0vms0844csg4oo0o0

Separado em três partes, o MEC é bem rigoroso quando o assunto é qualidade e reconhecimento das instituições.

  • Conceito Preliminar do Curso (CPC)

Avalia o quadro de professores,  a infraestrutura e os recursos didático-pedagógicos. Leva em conta também os resultados do Enade, ou seja, o desempenho dos estudantes. As notas vão de 1 a 5. A nota 3 é considerada “avaliação positiva” e as notas 1 e 2 são insatisfatórias.

  • Conceito do Curso (CC)

O conceito do curso é uma avaliação presencial, feita por uma equipe do MEC e que enfoca quatro dimensões de um curso: pedagógica, docente, infraestrutura e atendimento aos requisitos legais e normativos. Cursos com CPC acima de três podem optar por não receber a visita dos avaliadores.

  • Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade)

É realizado por estudantes do primeiro e do último ano do curso. Avalia o rendimento em relação às habilidades e competências que devem desenvolver. O Enade é aplicado em ciclos. A cada ano, avalia um conjunto de cursos e áreas do conhecimento.

Diploma

Não é só um pedaço de papel.  É mais que sabido que um diploma melhora em muitas chances sua possibilidade de um emprego bom; isso porque, no seu currículo, um diploma vai acender os olhos de quem está contratando.

Muitas vezes, a pessoa já possui uma profissão, mas com o decorrer do tempo, surge a necessidade de concluir os estudos para poder obter maior destaque, uma promoção para uma melhor posição na carreira, permanecer na profissão, etc.

Como já falamos em outros artigos, sem a necessidade de se deslocar até uma instituição de ensino e com a disponibilidade de estudar em qualquer horário e lugar, boa parte das pessoas que precisam de uma recolocação profissional optam por pela modalidade de ensino EAD.

Em outro artigo, falamos um pouco sobre como o currículo pode ser importante e demos dicas de quais cursos fazer, explicando cada um deles para as mais diversas áreas. Leia mais em: Usando o EAD para melhorar o currículo

Então vamos lá: todo diploma, por lei, tem validade igual. Não faz diferença se vai ser presencial ou a distância, então sem problemas para prestar concursos ou apresentar o currículo.

O que difere os dois, são os métodos de ensino e o você, aluno. Então seja a diferença no seu estudo. Dê seu melhor, se desafie, prove que você consegue com seu esforço! Mas em outros posts, explicamos as diferenças e as vantagens de um ensino a distância; se quiser saber mais, só dar uma lidinha neles.

Leia mais sobre as diferenças em: Ensino a Distância x Ensino Presencial
Leia mais sobre vantagens em: As Vantagens de se Fazer uma Especialização EAD

Validade

A hora de pesquisar a instituição em que você vai estudar, menos é mais. Todos os meios são válidos, mas vamos economizar seu tempo, está bem?

Assim como nos cursos presenciais, os cursos a distância também devem possuir reconhecimento do Ministério da Educação (MEC) para que o diploma emitido pela instituição tenha validade.

O MEC é o órgão responsável por manter as coisas sempre no lugar, então o primeiro lugar onde você pode correr, é para o site deles. A consulta dos cursos que possuem reconhecimento é facilmente realizada. O Ministério disponibiliza no site do e-MEC os nomes das instituições e dos cursos presenciais e a distância aprovados.

Qualquer diploma de nível superior, seja ele de bacharelado, licenciatura ou tecnológico, em formato presencial ou a distância, precisa do reconhecimento do MEC para ter validade, tá bom?

Conclusão

A escolha de um ensino a distância está, em sua maioria, ligado à falta de tempo ou possibilidade de gerenciar o tempo. Pensando nisso, contamos nesse post o que você precisa saber para não ter problemas quanto ao reconhecimento do seu curso. Estamos aqui torcendo para dar tudo certo!

Gostou do texto? Ficou com alguma dúvida? Quais foram os procedimentos que você fez? Entre em contato conosco e agende uma conversa! Estamos aqui por e para você!

Nos ajude a disseminar o conhecimento. Compartilhe com os seus amigos!

 

“Não se preocupe quando não for reconhecido, mas se esforce para ser digno de reconhecimento.” – Abraham Lincoln

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *