Processo de criação de um curso EAD

Tempo de leitura: 7 minutos

processo de criação de um curso EAD

Os cursos online tem se tornado uma realidade na vida de muitas pessoas. A chance de manter-se atualizado no mercado que atua e se qualificar mais na profissão tem levado muita gente a recorrer ao sistema de ensino a distância. Isso porque quem trabalha o dia todo, não tem muito tempo disponível para se dedicar aos estudos, por isso tem no EAD a oportunidade que lhe faltava de se aperfeiçoar.

Os cursos  EAD podem ser combinados com muitas outras atividades. Pode ser acessado através da internet em horários vagos do trabalho, em momentos de lazer, nos finais de semana, etc. O sistema EAD oferece mais flexibilidade em relação ao método convencional de sala de aula. Assim, os estudantes podem definir o seu próprio ritmo de aprendizagem, dependendo do tempo que tem disponível e dos objetivos definidos por cada um.

O processo de elaboração de um curso EAD

Quando o estudante vivencia a experiência de um curso online não imagina como esse processo é construído. É importante saber que esse projeto passa por várias etapas até que um curso EAD seja acessado pelo usuário. Antes de armazenar o conteúdo do curso em uma plataforma de ensino a distância, há um planejamento, análise e estudo para elaborar o conteúdo.

Tudo isso com o propósito de proporcionar ao aluno uma formação de qualidade na área do conhecimento escolhida. Isso é possível com o uso da tecnologia, pois através de uma plataforma virtual de ensino e aprendizagem, o usuário recebe um conteúdo dinâmico e interativo, que envolve diversas mídias (vídeos, áudios, pdfs, slides, etc.).

Entenda como funciona a criação de conteúdo de um curso a distância

Etapa de análise: nessa fase ocorre o processo de avaliação das necessidades da organização. Momento em que a empresa contratada para elaborar o projeto buscará identificar todos os problemas do cliente para criar soluções em EAD. Os profissionais envolvidos nesse trabalho são: gerente de projeto, desenhista instrucional, conteudista especialista na área do curso e do cliente.

Reunião de briefing: durante o encontro para discutir o briefing do projeto (método de coleta de instruções e informações precisas e claras sobre o trabalho a ser executado). Nessa reunião questões técnicas e operacionais são discutidas para viabilizar a realização do projeto.

sdasd

Planejamento: nessa etapa ocorre três processos. O primeiro é o projeto instrucional básico, também conhecido como PIB, que serve para apresentar toda a estratégia pedagógica e didática que será aplicada em todo o curso. O profissionais envolvido nessa fase é o desenhista instrucional conteudistas.

O segundo processo é o de identidade visual (PIV), no qual é apresentada toda a estratégia gráfica, ou seja, as cores que serão aplicadas, fontes utilizadas, tipo de ilustração e layout. O profissional envolvido é o designer gráfico e web designer.

A terceira e última fase da etapa de planejamento é a aprovação das propostas. Depois da elaboração do PIB e do PIV, o material é enviado ao cliente para que possa avaliar e aprovar ou não o projeto. O cliente também pode sugerir mudanças, mas todas dentro do que foi combinado em contrato.

Desenvolvimento: essa é a fase mais longa da criação de um curso EAD

Criação de conteúdo: após a aprovação do PIB e PIV inicia a criação do conteúdo do curso. Desde aulas, materiais complementares, exercícios, provas, entre outros. Os profissionais envolvidos são o desenhista instrucional e o conteudista.

Revisão ortográfica: nessa fase em que o conteúdo já está pronto, deve ser feita uma revisão ortográfica para conferir se o conteúdo está dentro das novas normas da língua portuguesa. O profissional envolvido nessa etapa é o revisor de texto.

Storyboards: esse termo em inglês significa um rascunho que visa sugerir como o conteúdo será apresentado ao aluno. Nele se sugere recursos e elementos visuais que podem ser inseridos durante a produção. O profissional envolvido é o desenhista instrucional.

Nós produzimos um infográfico para melhor entendimento. Dá uma conferida: Storyboard na produção de conteúdos EAD

Desenvolvimento do protótipo: nessa fase o objetivo é desenvolver por completo parte do conteúdo para alinhar o processo produtivo. Os profissionais envolvidos são: web designer, ilustrador e programador.

Aprovação do protótipo: após a elaboração de um protótipo do curso a distância, ele é enviado para o cliente. Tendo a aprovação, a elaboração do curso é iniciada.

Desenvolvimento e pontos de verificação do projeto EAD

Com o protótipo aprovado está na hora de colocar a mão na massa, ou seja, executar o restante do curso. Esse é o momento de fazer fluir o desenvolvimento do curso. Os profissionais envolvidos nesse processo são: desenhista instrucional, web designer, ilustrador, programador, conteudista e o cliente.

Inserção de efeitos audiovisuais: com a montagem do curso a todo o vapor há necessidade de inserir recursos que facilitam e dinamizam o curso. Para isso, temos os efeitos audiovisuais, ou seja, animações, vídeos e locuções. Os profissionais envolvidos são: locutor, videomaker, conteudista, cinegrafista, programador e ilustrador.

Qualidade final e homologação: Após a elaboração de todo o projeto, o curso passará por uma avaliação final. Esta avaliação serve para identificar possíveis erros, correções de conteúdos e informações. Após essa etapa, é possível passar para a próxima fase.

sdasd

Etapa de implantação do projeto EAD

Nessa fase temos dois processos. O primeiro trata do plano de tutoria e de estudos. Com o curso pronto e inserido na plataforma EAD, pode-se iniciar os planos de tutoria e estudos. Esses projetos consistem em planejar o tipo de abordagem que será feita com os alunos. O tipo de metáforas e linguagem que serão utilizadas nos fóruns e mensagens aos participantes. O profissional envolvido é o desenhista instrucional.

Turma piloto: com a plataforma organizada e o planejamento devidamente realizado, inicia-se a primeira turma, ou seja, a turma piloto. O profissional envolvido nesse processo é o tutor e suporte ao usuário.

Etapa de avaliação geral

A turma piloto terá uma prova de fogo, pois realizarão o curso, e ao final avaliarão se está de acordo ou não com os padrões estipulados. O cliente também poderá avaliar o curso a partir dos seus pontos de vista, com o resultado dos participantes. Nesse processo se envolvem o cliente e o gestor de projeto.

Aplicação em larga escala: com o curso finalizado, ajustado e aprovado, o projeto está pronto para ser aplicado em larga escala, ou seja, para mais turmas e participantes. Os profissionais envolvidos nesse trabalho são tutores e suporte ao usuário.

Considerações finais sobre as etapas de criação de um curso EAD

Como você viu, elaborar um curso EAD é uma tarefa complexa que deve ser realizada por especialistas nesse assunto. Empresas que trabalham com educação a distância estão habilitadas a prestar o melhor serviço possível para atender instituições de ensino e organizações empresariais.

Conclusão

No artigo de hoje entendemos a realidade dos cursos online na vida das pessoas e como os cursos podem ser combinados com muitos outras atividades, como trabalho e finais de semana.

Vimos como é o processo de elaboração de um curso EAD e entendemos como funciona toda a criação de um. Vimos também que o desenvolvimento é a fase mais longa da criação de um curso EAD, com a criação de conteúdo, revisão ortográfica, storyboards, etc.

Como nós da Raleduc não queremos deixar jamais alguma dúvida sem resposta, produzimos um infográfico, para que você consiga enxergar as informações trabalhadas hoje visualmente. Veja: [Infográfico] Etapas da criação de um curso EAD

E ai, o que achou do texto? Nos ajude a disseminar o conhecimento. Compartilhe com os seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *